Foco e Escopo

TENDÊNCIAS DA PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, lançada em 2008, é a revista mantida pela Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB). Com periodicidade semestral, publica resultados de pesquisas brasileiras e estrangeiras na área de Ciência da Informação. A linha editorial reflete a diversidade de tópicos contemplados nos Grupos de Trabalho da ANCIB:

 

  • Estudos Históricos e Epistemológicos da Ciência da Informação;
  • Organização e Representação do Conhecimento;
  • Mediação, Circulação e Apropriação da Informação;
  • Gestão da Informação e do Conhecimento;
  • Política e Economia da Informação;
  • Informação, Educação e Trabalho;
  • Produção e Comunicação da Informação em Ciência, Tecnologia e Inovação;
  • Informação e Tecnologia;
  • Museu, Patrimônio e Informação;
  • Informação e Memória;
  • Informação e Saúde.

 

Um dos fascículos de cada ano aceitará submissões de artigos oriundos de pesquisa, revisões de literatura, relatos de experiências, por demanda espontânea. O outro fascículo de cada ano será dedicado aos melhores trabalhos do ENANCIB do ano, decisão que levou em conta que cabe à ANCIB a responsabilidade de assegurar a sua disseminação em periódico.

A revista adota o sistema double blind review, realizado por dois pareceristas ad hoc, atividade intermediada pelo editor adjunto. Os trabalhos do fascículo sobre o ENANCIB de cada ano ratificam a decisão dos GTs, por já terem passado por avaliação por membros dos Comitês Científicos.

A revista conta com a participação de um Comitê Editorial de pesquisadores e professores de Ciência da Informação, brasileiros e estrangeiros, e pareceristas ad hoc, num processo liderado pelo editor científico e adjunto, em estreita colaboração com a Diretoria da ANCIB e integrantes da equipe editorial.

 

Políticas de Seção

 

  • EDITORIAL: Não avaliado pelos pares
  • ARTIGOS: Avaliado pelos pares

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos sumetidos são pré-avaliados pelos editores científicos. Na pré-avaliação são verificados os seguintes aspectos: pertinência do trabalho ao escopo da revista, observância dos requisitos formais, inedistimo (particularmente no que se refere a ter sido ou não publicado em outro periódico), autoria (entre os autores deve haver pelo menos um com o título de doutor). O passo dois é a avaliação por pares, na modalidade blind review. Todos os manuscritos serão avaliados por dois especialistas no tópico. Caso a avaliação resulte em pareceres com indicações distintas, um terceiro avaliador será acionado. Casos atípicos serão julgados inicialmente pelos Editores da revista e, caso seja necessário, pelo Conselho Científico.

 

Periodicidade

Revista exclusivamente eletrônica, publicada semestralmente.

 

Política de Acesso Livre

A revista TENDÊNCIAS DA PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento. Artigos publicados na revista podem ser imediatamente depositados em repositórios digitais de acesso aberto desde que citada a  a fonte onde foi publicada.

 

Arquivamento

A revista TENDÊNCIAS DA PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e lhes permite criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração.