Inovações na revisão por pares

o papel do software

Palavras-chave: Revisão por Pares, Comunicação Científica, Sistemas Sociotecnológicos, Commonkads, Engenharia do Conhecimento

Resumo

Um grupo internacional de 33 cientistas, encabeçados por Tennant, divulgou recentemente sua perspectiva multidisciplinar sobre inovações futuras e emergentes para a revisão por pares editorial a partir de plataformas da Web 2.0: Amazon, Blockchain, GitHub, Hipotesis, Reddit, Stack Exchange e Wikipedia. Várias inovações propostas são ações a serem efetivadas por agentes artificiais, em sintonia com o conceito de sistema sociotecnológico de Fuchs, no qual as propriedades emergem da colaboração dinâmica humano-máquina. O objetivo da pesquisa foi identificar, entre as inovações descritas, as tarefas automatizáveis intensivas em conhecimento. Nesta pesquisa bibliográfica, o corpus foi o estudo de inovações emergentes de Tennant et al. De 56 trechos identificados que remetem a funções e tarefas da revisão por pares automatizáveis, 44 foram descartados por enfocar atividades burocráticas. Foram analisados os 12 que descrevem tarefas intensivas em conhecimento dos tipos alocação, avaliação, classificação, diagnóstico, modelagem, monitoramento e predição. Há tarefas cuja automação agiliza o sistema ou o melhoram com serviços antes indisponíveis, bem como tarefas associadas à repressão da má conduta científica. Discutem-se essas inovações como sintoma da transição do papel do software, da informatização ao desempenho de tarefas em colaboração dinâmica com pessoas e do tecnocentrismo ao funcionamento sociotecnológico, em que o software apoia a tomada de decisão humana em vez de substituí-la.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinícius Medina Kern, Universidade Federal de Santa Catarina

Professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Departamento de Ciência da Informação. Principais interesses: revisão por pares, comunicação científica, modelagem de sistemas, sistemas de informação, sistemismo de Mario Bunge. Docente dos cursos de graduação em Arquivologia, Biblioteconomia e Ciência da Informação e dos programas de pós-graduação em Ciência da Informação (PGCIN) e Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC). Membro do grupo de pesquisa

Referências

ALTER, Steven. 18 reasons why IT-reliant work systems should replace “the IT artifact” as the core subject matter of the IS field. Communications of the AIS, v. 12, art. 23, p. 366-395, 2003.

ALVAREZ, Gonzalo Rubén; CAREGNATO, Sônia Elisa. Preprints na comunicação científica da Física de Altas Energias: análise das submissões no repositório arXiv (2010-2015). Perspectivas em Ciência da Informação, v. 22, n. 2, p. 104-117, 2017.

BOSTROM, Robert P.; HEINEN, J. Stephen. MIS problems and failures: A socio-technical perspective. Part I: The causes. MIS Quarterly, v. 1, n. 3, p. 17-32, 1977.

CHERNS, Albert. The principles of sociotechnical design. Human Relations, v. 2, n. 9, p. 783-792, 1976.

DENISCZWICZ, Marta; KERN, Vinícius Medina. Fontes dos problemas na revisão por pares que levam à retratação de artigos divulgados no Retraction Watch. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 17., 2016, Salvador. Anais… Salvador: UFBA, 2016. p. 3447-3466.

ECCLES, D. W.; GROTH, P. T. Agent coordination and communication in sociotechnological systems: Design and measurement issues. Interacting with Computers, v. 18, n. 6, p. 1170-1185, 2006.

FUCHS, Christian. The internet as a self-organizing socio-technological system. Cybernetics and Human Knowing, v. 12, n. 3, p. 57-81, 2005.

KILOV, Haim; SACK, Ira. Mechanisms for communication between business and IT experts. Computer Standards & Interfaces, v. 31, n. 1, p. 98-109, 2009.

KINCAID, J. Peter; FOSHBURNE, Robert P.; ROGERS, Richard L.; CHISSOM, Brad S. Derivation of new readability formulas (automated readability index, fog count and flesch reading ease formula) for navy enlisted personnel. Naval Technical Training Command Millington TN Research Branch, 1975. 40 p. Disponível em: <http://www.dtic.mil/get-tr-doc/pdf?AD=ADA006655>. Acesso em: 13 ago 2017.

O'REILLY, Tim. What is Web 2.0: Design patterns and business models for the next generation of software. Communications & Strategies, n. 1, p. 17-37, 2007.

PINHEIRO, Lêna Vania Ribeiro. Free access to open science: concepts and implications for science communication. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde, v. 8, n. 2, 2014.

RENNIE, Drummond. Make peer review scientific: thirty years on from the first congress on peer review, Drummond Rennie reflects on the improvements brought about by research into the process--and calls for more. Nature, v. 535, n. 7610, p. 31-34, 2016.

RESEARCH INFORMATION NETWORK. Activities, costs and funding flows in the scholarly communications system in the UK: Report commissioned by the Research Information Network (RIN). 2008. 88 p. Disponível em: <http://www.rin.ac.uk/system/files/attachments/Activites-costs-flows-report.pdf>. Acesso em: 06 ago 2017.

SAWYER, Steve; CROWSTON, Kevin. Information systems in organizations and society: Speculating on the next 25 years of research. In: Information systems research. Boston: Springer, 2004. p. 35-52.

SCHREIBER, Guus; AKKERMANS, Hans; ANJEWIERDEN, Anjo; DE HOOG, Robert; SHADBOLT, Nigel; VAN DE WELDE, Walter; WIELINGA, Bob. Knowledge engineering and management: the CommonKADS methodology. Massachusetts: MIT Press, 2000. 455 p.

TENNANT, Jonathan P. et al. A multi-disciplinary perspective on emergent and future innovations in peer review [version 1; referees: awaiting peer review]. F1000Research, v. 6, n. 1151, 2017. Disponível em: <https://f1000research.com/articles/6-1151/v1>. Acesso em: 21 jul. 2017.

YARKONI, Tal. Designing next-generation platforms for evaluating scientific output: what scientists can learn from the social web. Frontiers in Computational Neuroscience, v. 6, article 72, 2012.

ZUCKERMAN, Harriet; MERTON, Robert K. Patterns of evaluation in science: Institutionalisation, structure and functions of the referee system. Minerva, v. 9, n. 1, p. 66-100, 1971.

Publicado
2018-06-06
Como Citar
Kern, V. (2018). Inovações na revisão por pares. Tendências Da Pesquisa Brasileira Em Ciência Da Informação, 10(2). Recuperado de http://ejournal.space/tpbci/index.php/tpbci/article/view/103
Seção
Artigos