Memória e representações sobre a cultura gaúcha

uma análise do website oficial dos festejos farroupilhas

  • Andréa Carla Melo Marinho Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Valdir José Morigi Universidade Federal do Rio Grande do Sul https://orcid.org/0000-0002-2304-399X
Palavras-chave: Informação, Memória, Representações Sociais, Festejos Farroupilhas

Resumo

A pesquisa tem por objetivo compreender as representações sociais sobre a cultura gaúcha, por meio das informações disponibilizadas no website oficial dos Festejos Farroupilhas. A mesma caracteriza-se como qualitativa de cunho documental, apoiada em pesquisa bibliográfica e os métodos utilizados foram a técnica de análise de conteúdo, conforme Bardin (2011) e à Mineração de Textos, utilizando como ferramenta o NVivo De acordo com as análises foi possível estabelecer quatro categorias referentes às notícias, que foram determinadas como: (1) Período de Publicação, (2) Utilização de imagens e audiovisuais, (3) Responsabilidade e (4) Conteúdo Temático. Por meio de análise no software NVivo, também foi desenvolvida uma nuvem de tags das 66 palavras que melhor representavam os festejos. As análises das informações no website dos Festejos Farroupilhas, possibilitaram a construção de um mapa significativo dos elementos de representação da cultura gaúcha. Percebeu-se que o website do evento é uma fonte informacional com potencial de difusão de representações relacionadas à celebração e também um recurso narrativo ou discursivo compartilhado entre os membros da comunidade. Assim, os Festejos Farroupilhas e suas representações conservam a marca do substrato social em que nascem e se configuram enquanto um espaço de memoração de um feito histórico local, apoiado pela memória coletiva dos seus habitantes, sobretudo por meio do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), responsável pela organização do evento e do website.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa Carla Melo Marinho, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2015), Especialização em Cultura Pernambucana pela Faculdade Frassinetti do Recife - FAFIRE (2011) e Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2005). Atua como Bibliotecária-documentalista na Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Tem experiência nas áreas de Comunicação e Informação, com ênfase nos seguintes temas: Biblioteconomia, Cultura Popular, Representação Social, Organização da Informação e Tratamento Temático da Informação. Desempenhou Estágio-Docência em disciplinas nos cursos de graduação em Biblioteconomia (UFPE), Arquivologia e Museologia (UFRGS): durante o período de mestrado nas disciplinas: Linguagens documentárias hierárquicas e Fundamentos de Biblioteconomia e no doutorado nas disciplinas: Cultura e Arte Popular no Brasil e Fundamentos da Ciência da Informação.

Valdir José Morigi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Atualmente é professor titular do Departamento de Ciência da Informação/FABICO da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), atuando nos cursos de graduação de Arquivologia, Biblioteconomia e Museologia, além de ser professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação (PPGCOM) da mesma instituição. Possui graduação em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS (1984), graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB (1998), mestrado em Sociologia Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1988) e doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo - USP (2001). Tem experiência na área de Sociologia e Ciência da Informação, com ênfase em Processos de Disseminação da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: cidadania, consumo, cultura popular, memória social, festas populares, conhecimento e sociedade, imaginário, mídia e representações sociais, cultura, sustentabilidade e meio ambiente .

Referências

ASSMANN, Aleida. Espaços da recordação: formas e transformações da memória cultural. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2011.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

CAVALCANTI, Maria Laura Viveiros de Castro. Cultura e saber do povo: uma perspectiva antropológica. Revista TB, Rio de Janeiro, n.147, p. 69-78, out./dez. 2001.

DODEBEI, Vera. Memoração e patrimonialização em três tempos: mito, razão e interação digital. In: TARDY, Cécile; DODEBEI, Vera (orgs.). Memórias e Novos Patrimônios ed. OpenEdition, Saint Hilaire, 2015. p.21-45. Disponível em: <http://books.openedition.org/oep/417>. Acesso em: 18 jul. 2017

GARCÍA CANCLINI, Néstor García. As culturas populares no capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1983.

HALBWCHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2012.

HALL, Stuart. The work of representation. In: HALL, Stuart (ed.). Representation: cultural representations and signifying practices. London: SAGE Publications, 1997.

JARDIM, José Maria. Informação e representações sociais. Transinformação, Campinas, v.8, n.1, p. 15-30, jan./abr. 1996.

JODELET, Denise. Representações sociais: um domínio em expansão. In: JODELET, Denise (Org.). As Representações Sociais. Rio de Janeiro: Eduerj, 2001.

MOSCOVICI, Serge. Representações Sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História, São Paulo, v.10, p.7-28, dez. 1993.

OLIVEN, Ruben George. O processo de construção da identidade gaúcha. In: RECKZIEGEL, Ana Luiza Setti; FELIX, Loiva Otero (orgs.). RS: 200 anos definindo espaços na história nacional. Passo Fundo: UPF, 2002.

SÁ, Celso Pereira de. Representações Sociais: teoria e pesquisa do núcleo central. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, n.3, p.19-33, 1996.

SILVA, Helenice Rodrigues da. Rememoração/comemoração: as utilizações sociais da memória. Revista Brasileira de História, São Paulo, v.22, n.4, p.425-438, 2002.

Publicado
2018-06-06
Como Citar
Marinho, A., & Morigi, V. (2018). Memória e representações sobre a cultura gaúcha. Tendências Da Pesquisa Brasileira Em Ciência Da Informação, 10(2). Recuperado de http://ejournal.space/tpbci/index.php/tpbci/article/view/93
Seção
Artigos